quarta-feira, 15 de abril de 2015

Mago o Despertar Cyberpunk - Parte 3

E mais uma vez (eu sei, vocês não cansam de mim né?) Dio Ouroboros aqui, para a terceira parte do Cenário Cyberpunk para Mago o Despertar! 


Os Privilegiados

“Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível de magia” (3ª Lei sobre Tecnologia de Arthur C. Clarke)"

Quando os Magos Inomináveis venceram os Oráculos e Exarcas, estavam tão distorcidos que acabaram por se unir em uma única entidade denominada como Deus-Máquina.


O Deus-Máquina criou uma enorme redoma cibernética superna em volta da Tellurian, a isolando do Abismo para que pudesse reconstruir a existência a sua imagem e semelhança.

No denominado Primeiro Dia, Deus-Máquina criou a Luz, um conceito anti-entrópico que futuramente viria a se tornar o caminho percorrido pelos Privilegiados conhecido como a Iluminação.

No Segundo Dia, o Deus-Máquina formou a Wasteland (Ou Terra Inculta), um deserto negro sem sinal de vida onde os escombros do velho mundo podem ser vistos (e alguns dizem que até mesmo algumas de suas antigas criaturas).

No Terceiro Dia, o Deus-Máquina criou a partir de uma enorme cratera a Metrópole, uma enorme cidade fortificada por muros que seria o local onde os seres humanos poderiam buscar a Evolução Final de suas almas, mas que acaba por se tornar um pesadelo vivo, mas até mesmo a pior das prisões é melhor opção do que a Wasteland.

No Quarto Dia, o Deus-Máquina promoveu o Grande Retorno, quando os últimos seres humanos mortos na Terceira Guerra Mundial foram ressuscitados, com memórias apagadas (embora existam defeitos nessa obliviação, onde em raros casos as pessoas se lembram de suas vidas anteriores no Velho Mundo), para que dessem continuidade ao seu projeto da Evolução Final

No Quinto Dia, o Deus-Máquina criou os “anjos”, construtos de sua vontade que deveriam auxiliá-lo em seus planos (pelo menos em teoria).

No Sexto Dia, Deus-Máquina percebeu que não poderia forçar a Evolução Final na raça humana sem que para isso existisse um gatilho, um pastor, um guia, e então através de sua Luz¸ o Deus-Máquina permitiu que seres humanos tocassem em seu coração e se tornassem Privilegiados.

No Sétimo Dia, o Deus-Máquina criou a Teia Digital, para armazenar todo o conhecimento dos Planos Astrais que foram destruídos na Grande Guerra.

O Mundo sempre teve Privilegiados, você sem dúvida ouviu falar de alguns deles: Pitágoras, Platão, Confúcio, Newton, Von Braun, Einstein, Turing e tantos outros... ser um Privilegiado é ter os dons da Visão, a capacidade de pensar fora dos padrões e reinventar a Realidade através da Verdadeira Ciência, do verdadeiro saber, do verdadeiro conhecimento.

A Iluminação é o processo pelo qual a pessoa passa onde ela toca o “coração” do Deus-Máquina (não se sabe se é metaforicamente ou literalmente), isso pode se dar de diversas formas, Newton, por exemplo, ao ver uma macieira de onde suas frutas caiam, havia enxergado uma energia que sempre esteve lá mas ninguém havia percebido, fez seus cálculos quase inconscientemente e descobriu a Gravidade. As Fundações têm teorias diversas sobre o que é o processo de Iluminação, mas todos concordam: somente os Privilegiados conseguem aplicar a Visão através de seu infinito potencial de Insights.

Assim que o Privilegiado é Iluminado, ele passa a ver o mundo por outros olhos, talvez ele passe a ver decodificações do Deus-Máquina em todos os objetos ao seu redor, ou sua mente funcione tão rapidamente que tudo os ângulos se tornam cálculos matemáticos complexos, e acredite, comparadas com as pessoas normais (os não-esclarecidos) tais indivíduos se destacam como faróis da escuridão.

Logo que são identificados, as autoridades o convidam para ir até o centro do Distrito mais próximo, para passar por uma bateria de testes que lhe indicarão qual sua melhor alocação para uma das 5 Fundações, aqueles que se recusam são levados a força, se tentam escapar são mortos – “antes mortos do que contra a Tecnocracia” – mas, entretanto, nos becos escuros onde as luzes de neon não alcançam, vozes roucas sussurram sobre indivíduos que conseguiram fugir com vida do recrutamento da Tecnocracia: Os chamados Sucateiros. A organização nega tais afirmações, mas nunca se sabe...

Diferente dos Magos do passado, os Privilegiados não podem simplesmente lançar bolas de fogo com as mãos pela mera vontade, é necessário algo diferente do Imago para que um efeito semelhante funcione: o Diagrama.

O Diagrama é a forma que o Privilegiado, em sua mente iluminada, analisa como o experimento irá se comportar em determinada situação, sempre se valendo da ciência para tal, suponhamos que o Privilegiado conhecedor da faculdade da Química Elemental (Matéria) quer derreter uma pedra de mármore como se fosse manteiga, ele sabe que para isso sua estrutura básica precisa vibrar em um nível de ressonância sonora que faça com que as propriedades da pedra se modifiquem, ele então aproxima a boca do objeto e emite com suas próprias cordas vocais o som necessário para tanto, gastando assim pontos de Visão.

Mas os Privilegiados são voltados para a ciência e tecnologia, eles sempre terão a mão objetos e instrumentos que lhes auxiliarão em seus experimentos (para fins de regras tais objetos serão considerados Artefatos, Objetos Imbuídos e Instrumentos Mágicos) as chamadas Invenções, onde qualquer Privilegiado poderá confeccionar uma, desde que tenha os pontos necessários de Ofícios e da Faculdade adequada.

Laboratórios são os “Oratórios” dos Privilegiados, são adquiridos com pontos de Vantagem, que são divididos em: Protetor(es) (Guardian Retainer – Sanctum and Sigil) que são agentes não-esclarecidos que protegeram o laboratório como seguranças da União Tecnocrática; Arquivos (TM -  Ateneu), que são como Bibliotecas mas mais aplicadas;  Tamanho e Segurança e Oficina (onde os Privilegiados poderão recuperar pontos de Visão, para todos os efeitos funcionando como a oblação da recuperação de mana através de pesquisas).
Criando um Privilegiado

Atributos: 5/4/3 + 1 ponto em Autocontrole ou Perseverança à escolha do jogador.
Habilidades: 11/7/4 + 3 especializações
Faculdades: 2 pontos no Primeiro, 2 pontos no Segundo, 1 ponto no Terceiro e 1 ponto onde o jogador quiser.
Vantagens: 7 pontos
Teorias Provadas: 6 Pontos
Sabedoria Inicial: 7 Pontos
Visão Inicial: Igual a Sabedoria Inicial
Insight Inicial: 1 Ponto.
__________________________________________________________________________
Do Balacobaco né? Que tal dar uma força para continuarmos com esse projeto? Ajude a compartilhar a palavra do Deus-Máquina pela Internet, deixe seu comentário e curta nossa página no Facebook clicando aqui.

Um comentário:

  1. Qual é a origem das imagens usadas nesta série de postagens the Mage Cyberpunk? Queria obter mais imagens do artista.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...