segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

UED - Gelo e Aliens em um RPG de Sobrevivência

    

 Iniciando Transmissão - Os Runners acabaram de partir, mamãe disse que estão todos assustados, as máquinas atacaram um grupo humano a poucos dias e estamos começando a ficar com frio, precisamos de aju... *sons de explosão e gritos* Mãe! Mãe! Eles estão aqui! Eles estão aqui! Mãe! *som de estática*


    UED - um RPG brasileiro criado por Julio Matos e Fabiano Saccol e distribuído pela Editora UNZA (que já produziu campanhas para Old Dragon como Caos em Belmont). 

     Aqui na terra das palmeiras onde canta o sabiá é difícil encontrar jogos nacionais que tratem sobre  Ficção Científica, por isso muito nos alegra divulgar este título que sem dúvida irá agradar gregos e troianos em seu mundo pós-apocalíptico. 

       A História de um Mundo Gelado

      A Terra foi invadida por uma raça alienígena desconhecida a mais de 300 anos, os Invasores. O contato foi feito no ano de 2012, e por mais que tentássemos receber uma resposta, os visitantes nunca responderam, mantendo um silêncio inexplicável, para depois posicionar suas naves ao redor do planeta e em um ataque sincronizado disparar um Pulso Eletromagnético que inutilizou toda nossa tecnologia. Sem termos como nos defender, as máquinas dos Invasores (Sondas e Sentinelas) começaram uma verdadeira onda de extermínio sem misericórdia e sem prisioneiros. E para piorar a situação o planeta entrou em uma nova Era Glacial natural, tornando a sobrevivência quase impossível. 

     Com o tempo a humanidade aprendeu a usar as cápsulas de energia extraterrestre encontradas em máquinas e bases invasoras e as combinando com a antiga tecnologia terrestre conseguiram criar os sistemas de aquecimentos dos Aglomerados e utilizar novamente armas e armaduras de combate. Com a volta dessa escassa tecnologia os antigos CD players voltaram a funcionar, trazendo as músicas do passado para o presente desolador e enchendo de esperança as pessoas com o sonho de um dia expulsar os Invasores e retomar o controle do planeta. 

     Foi um dia que um sobrevivente chamado Gary Alexander reuniu os indivíduos mais capazes e corajosos dos Aglomerados e criou o UED - United Earth Defense, um grupo bem treinado com amplo acesso a tecnologia recuperada que jurou proteger os Aglomerados e manter a comunicação entre eles, se arriscando pelos desertos gelados enfrentando (e principalmente fugindo e se escondendo) das máquinas Invasoras e de outras criaturas pouco amistosas que agora habitam o nosso mundo. 

    Os jogadores interpretarão Runners, membros da UED que arriscam o pescoço para manter o sonho da humanidade vivo. Os Runners são divididos em 4 tipos: os Soldados (bons em combate), os Mecânicos (únicos que podem reparar equipamentos danificados), os Pesquisadores (que encontram capsulas de energia podendo as transferir de um personagem para outro) e os Sobreviventes (personagens bons em se virar em qualquer situação). 


    Não é só o cenário que chama atenção, o sistema do jogo é único, chamado de Lost Dice,  que quando é experimentado pela primeira vez pode parecer estranho, mas que alcança seu objetivo de realmente dar a impressão de limitação e escassez de recursos. O sistema funciona da seguinte forma: Quando o personagem usar um determinado atributo, como por exemplo Armamento para atingir um adversário, este é diminuído em -1, assim se um jogador tiver 5 dados em Armamento e os utilizar ficará com apenas 4 dados na próxima jogada, simulando assim a perca de munição (simplesmente genial!). 

    Com o sistema de Lost Dice os combates se tornam mais táticos, sendo necessário planejamento e gerenciamento de recursos, pois a superioridade dos inimigos (sejam eles máquinas ou animais) é inquestionável, e sair atirando a torto e a direto vai acabar matando não só o imprudente personagem como o grupo inteiro. 


      UED é um título incrível, onde a tensão é do começo ao fim, os personagens não irão salvar o mundo, e sim garantir mais um dia de vida num planeta frio e repleto de perigos. 

    Gostou? Gostaria de conhecer mais? Aqui você pode baixar gratuitamente a versão beta 2.0, ou adquirir a versão definitiva no site da UNZA aqui

    Que tal se juntar a resistência? Colabore, deixe seu comentário com uma crítica ou sugestão antes que seja tarde de mais e os Invasores inutilizem a internet! 
     

Um comentário:

  1. Muito bom!

    Gosto desse coisa de moderno/antigo (a questão de CDs e tudo mais). Juntou duas coisas interessantes e dificultosas que deixa o apocalipse zumbi no chão.

    Sobre o texto, é de um tamanho bom, sucinto mas apresenta as ideias bem colocadas e contem bastante imagem, o que torna mais visual.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...